terça-feira, 5 de fevereiro de 2008

Eu me arrependo sim. Tomando a lei da ação e reação como base. Convido você amigo(a) blogueiro(a) para analisar sobre a agonia chamada arrependimento. Convenhamos, todos sabem que arrependimento vem quase sempre com aquela inútil vontade de pedir ao tempo pra voltar atrás. É uma dor, uma patologia que a ciência ainda não inventou remédio eficaz.Desde quando me entendo como ser humano, esse menino levado vez em quando aparece na minha vida. Sempre atrasado.Voltando alguns anos no meu passado lembro das minhas travessuras, quando criança, depois delas quase sempre meu estado de espírito não era dos melhores. Foram inúmeras vezes que me encontrei aborrecido por conta das reações de minhas ações. Não da melhor maneira, mas aprendi. Talvez essa seja a única valia do arrependimento.Contudo, muitos não enxergam ou não querem aceitar o erro. Veste-se de máscara, as inquietações da consciência, chegando ao ponto de dizer que não se arrepende de nada. Acredito que essa é uma das piores mentiras. A boca fala aquilo que o coração não pede.Sendo, um pouco, radical diria que não aceitar o arrependimento depois de uma reação ruim não desejada, todavia é uma ignorância imensurável. É como insistir negando o real da forma mais irreal possível.Sei bem como essa pertubação mexe com nós simples seres humanos, sujeito ao erro. E é exatamente essa vulnerabilidade que paradoxalmente ameniza o arrependimento.Muitos tem o dever de se arrepender e todos tem o direito.Por fim, digo que o arrependimento não dever ser encarado, só por um único ângulo, da forma pejorativa.


achei esse texto aqui, texto inteligente e diz tudo.
esse moço escreve bem>>>>>> http://ograpiuna.blogspot.com/<<<<<<<

8 comentários:

Rafael disse...

Obrigado pelo carinho.

Abraços afetuosos

Camila Passatuto disse...

Hum eu já visitei algumas vezes o blog desse cara...mto bom mesmo.

Tom disse...

Realmente esse texto é muito bom,
assim como o seu blog viu?
Um beijo!

www.planetapop.wordpress.com

Bernardo Lima disse...

realmente, o texto é bem legal msm..
conheço o blog dele a algum tempo e tb tem fotos legais...
bj!

Marcel Ayres disse...

bem criativo o blog

sempre que puder passarei por aqui para ver as novidades.


Abs

visite - www.rezboa.blogspot.com

Nessa Latini disse...

Eu até me arrependo,mas pra mim ele vem e some bem rápido,por que assim que me arrependo,acho um bom motivo pelo fato e acabo aprendendo algo de novo,assim o arrependimento some e eu só fico com a parte boa,por isso,não sou hipocrita de falar que nao me arrependo de nada,já me arrependi,mas já me curei,entendeu ?
Talvez seja isso que todo mundo faz e que vc deveria experimentar,eh legal ;).

vlw pelo post

Luciana Farias disse...

É claro que já me arrependi de muitas coisas que fiz. E mais algumas depois que me tornei mãe e pude encarar pelo "outro lado" algumas ações minhas como filha, rsrsrs... O que faço hoje em dia é tentar passar para as minhas filhas o que fiz de errado e onde eu errei, para que elas possam tentar acertar por elas mesmas.

beijão!!!

Bia Mecânica disse...

Pois é, me arrependo muito tbm com as coisas que eu faço ou o que eu deixo de fazer. Acho que o problema é que eu não costumo pensar muito antes de fazer as coisas.
Gostei muito do seu blog.
Beijos*


http://pimentamecanica.blogspot.com