sábado, 26 de julho de 2008

Acordei com vontade de três pontinhos, do tudo ou nada, não quero o talvez ou o quase, tive vontade de me lançar no vazio abismático sincronizado com o meu eu, que doidera! Seria indícios da minha insanidade, ou do revertério da minha insensatez, o que seria pior!
Tive vontade de pôr um ponto final nisso tudo, mas alguém sabe me dizer se do lado de lá não seria somente mais uma vírgula!? Três pontinhos, me deixa solta, livre, ir e vir sem lhe dar satisfação, quero três pontinhos nos meus medos, hora deixá-los crescer a ponto de me engulir do avesso, hora esmagá-los como míseras formigas, usando-o a meu bel prazer, três pontinhos naquele beijo demorado que foi interrompido pelo teu adeus, só mais três pontinhos é o que eu quero.
Não é ponto e vírgula, não é pausa, é deixar lá quieto sem ninguém saber, e quando der na telha eu volto, ora congela o momento, ora vai em slow motion, ora deleta mesmo, que se dane!
Tá tudo sem gosto mesmo, tá tudo preto e branco, três pontinhos pra isso tudo, quero prosseguir do meu jeito, será que dá?! Vou me refazer, me dispor a me impor novamente, ter uma reintegração de posse, vou ser dona do que já é meu, meu eu, que está aqui dentro esquecido a mercê de fórmulas de auto-ajuda, de rezas e cantigas milagrosas, de tantas vírgulas e exclamações, e o que ele quer é só três pontinhos.
Vou te dar um ponto meu querido, você que está em mim, e ao mesmo tempo parece ser tão autonômo, mas é frágil, sensível, inquieto, ansioso.
Nem o espelho consegue mais te revelar, vou ter dar uma colher de chá, só porque você me pediu com jeitinho... me deixou numa deprê braba, daquelas, do seu jeito sutil de me chamar a atenção.
Três pontinhos é o que quer? Então toma...


Angel Ilanah

23 comentários:

blog disse...

Ironia, argúcia e, claro, tom confessional que chega a confundir quem lê.
No caso, eu.

O texto é bom, o jogo metalingüístico é melhor ainda.
Vale, realmente.

Ana Lucia disse...

é, também não consegui entender o que você quis dizer com esse texto "..."

Paulão Fardadão Cheio de Bala disse...

Tem uma pá de erros q estragam o texto. Fora isso vai q vai.

Angel Ilanah disse...

ao blog e à Ana Lucia, o texto é um monólogo onde a personagem fala para o seu Eu, ao mesmo tempo que em que se refere a um grande amor que se foi. E utilizando de pontuação foi descrito os sentimentos da personagem em relação aos sentimentos íntimos e interpessoais com essa outra personagem. é isso!

Antonoly disse...

E dá-lhe três pontinhos!!
rsrsrrsrssrrsrsrsrs.

www.blowgh.wordpress.com

Clarissa ~ Ultraviolet disse...

ah gente rsrsr deixa minha letrinha branca quieta rsrsrs
mas valeu o coment lah
e parabens aih pelo blog
valeu

http://meus-sonhos-vazios.blogspot.com/

Camilla disse...

Uau... faziia tempo que eu não liia um texto tão bom como esse!

Um beijo, queriida!

Tu escreve liindamente!

JuHits disse...

Angel, achei massa o seu texto!
Três pontinhos às vezes é necessário mesmo, né?!

Bjs e parabéns pelo blog!

Camilla disse...

Sabe que eu tb tiive a mesma impressão? srsrsrss

Posso colocar teu liink no blog?
Boa noiiite...

Guilherme Freitas disse...

Interessante suas idéias...parabéns pelo blog

didipaula12 disse...

Nossa, tah bom que eu não entendi muito bem o texto, mas é um texto meio q irônico?
Li tbm alguns posts antigos e adooorei que você colocou a musica vou de taxi...adooro essa música! =D

Beem eh isso!

Kisses with gloss

medo disse...

huahuahuahua nao entedi
abraços

Patricia disse...

Oi!
Vi seu blog na comunidade do Orkut e vim comentar!
Passa lá no meu blog tb:
http://blogdapattyandrea.blogspot.com

Fernanda Fernandes Fontes disse...

Eu que reclamei tanto dos três pontinhos, recebi um único e final. Não gostei, mas qdo deste meu presente, já não existiam mais exclamações...

Adorei!

Passa lá:
http://degustacaoliteraria.blogspot.com/

Denise Machado disse...

Eita! Se o primeiro comentário for de quem imagino( Grijó ), vc tá podendo!

Bom... ( reticências )

Adorei saber que voltou !

Amo seu Blog!!!!! , (Vírgula)

Denise Machado disse...

Eita! Se o primeiro comentário for de quem imagino( Grijó ), vc tá podendo!

Bom... ( reticências )

Adorei saber que voltou !

Amo seu Blog!!!!! , (Vírgula)

Sammyra Santana disse...

adorei seu post!

escreves bem

Papion disse...

Oi Angelica, pois é, também tenho meu blog, é um passatempo na verdade e não preciso ficar enviando e-mails com as besteiras que vejo e recebo, coloco tudo lá e quem quer ver vai lá, legal seu blog, visitarei sempre e espero vc lá no meu, coloquei seu banner lá. E amanha acaba a vida boa e voltam as aulas, te vejo na facu, bj

nicestthing disse...

Gostei do texto. Como é bom ler algo legal como antes. ^-^

Esse texto me fez lembrar de...

Parabéns! Sempre que puder vou acompanhar seu blog, beijos.

Wander Veroni disse...

Gostei do jeito q vc usou a forma linguística para expor os seus sentimentos por meio das reticências...hehehe...mto bom!

Aqui, quero lhe convidar para passar no meu blog, o Café com Notícias.

Abcs,

=]
__________________________
http://cafecomnoticias.blogspot.com

Bertonie JVinee disse...

Bom texto. Meio complexo. Deixa o leitor meio perdido [meu caso].
O post é bom.
xD
abraços

DuDu Magalhães disse...

Opa, demoro

add no msn

dudu_cba_16@hotmail.com


já to com umas idéias pra criar uns selos..


t+

Wander Veroni disse...

Oi, Angel!

Topo parceria, sim. Vou colocar um banner do seu blog no meu. Tb coloque um banner do Café aqui, blza.

Abraço e obrigado pelo convite.

Bom domingo!!!